BANDA

batunta_mosaico_banda

Formado em 1999, o Batuntã desenvolve um trabalho de pesquisa e criação musical, tendo o ritmo como fio condutor. O grupo se destaca pela criatividade nas composições e na movimentação cênica. A presença do Batuntã remete a energia, espontaneidade e inovação.

Atualmente o foco do grupo é o encontro entre percussão e instrumentos de sopro, acompanhados de teclado, baixo e voz. Além disso, há uma pesquisa de sonoridades que transita pela percussão corporal e de objetos inusitados, como canos de pvc, pneus, garrafas, peças de carro e eletrodomésticos.

As referências artísticas também são diversas – de tradições populares à música atual. Nas composições, os tambores do maracatu se encontram com técnicas do flamenco espanhol, linhas melódicas do drum’n bass, levadas de djembês africanos e arranjos vocais.

Além de São Paulo, o Batuntã já se apresentou no Rio de Janeiro, Porto Alegre, Recife, Belém, Belo Horizonte, Curitiba, Natal, Florianópolis, Cuiabá e em locais como o Auditório do Ibirapuera, Tom Brasil e diversas unidades do SESC.

O grupo já gravou com Fernanda Porto e Palavra Cantada, tendo integrantes que trabalharam para Chico César, Antônio Nóbrega e o grupo Jogando no Quintal. Produziu e realizou a trilha sonora para o programa Direções da TV Cultura de São Paulo. Participa também dos principais festivais e projetos promovidos pelas secretarias de Cultura municipal e estadual de São Paulo.